Hilária Batista de Almeida, conhecida como Tia Ciata, é uma das figuras mais influentes da cultura negra carioca do início do século XX. Em sua casa, diversas expressões culturais, artísticas e religiosas da cultura negra, perseguidas na época, encontraram um espaço de liberdade e manifestação.

Matriarca do Samba

Foi figura essencial no desenvolvimento e consolidação do samba no Brasil. Como líder comunitária da Pequena África, anfitriava encontros musicais com a presença de Pixinguinha, Villa Lobos, João da Baiana, seu neto Bucy Moreira outros sambistas da época. Lá, os toques do candomblé se uniam à melodia dos músicos da época. Ali nasceu o samba que conhecemos hoje.

Parceiros da Casa